12 de mai de 2014

Castelo de Nárnia.

Enquanto isso no Castelo de Nárnia...
Ela se sentia angustiada, parecia que o amor lhe esmagava o coração. E de repente, ela parou diante de seu amor, olhou bem no fundo dos seus olhos...
E entre lágrimas e soluços, falou: Perdão!
Perdoa-me por ter perdido a vírgula e as reticências do nosso amor...
Perdoa-me por não gostar de ponto final...
Perdoa-me por não sentir-me saciada, por ser faminta...
Perdoa-me por ainda ter fome deste amor.