20 de mar de 2014

Havia um garoto

Havia um garoto que precisava de um pouco de remendos 
Ele nunca teve um amigo e tinha um pai de merda  
Ele estava concentrado no final, mas nunca se importou com início  
Sua mãe nunca estava lá e ele nunca teve um amigo...

Havia um garoto que estava falhando em todas os seus trabalhos
Ele nunca teve um amigo e nunca soube que precisava de óculos 
Ele concentrava-se nas ruas, nunca se importou com os edifícios
 Ele tentou se matar, porque ele nunca teve um amigo

Havia um garoto que estava sozinha à noite

Ele nunca teve um amigo e sua mãe estava sempre trabalhando
Ele concentrou-se no sangue, viu alegria quando estava sonhando
Ele tentou fechar os olhos, porque ele nunca teve um amigo

Ele nunca teve, nunca teve um amigo

Era uma vez um garoto que não tinha voz
Era uma vez um garoto que não tinha vez

11 de mar de 2014

Súbito

Instantaneamente
Atropelou palavras
comeu versos
cuspiu mentiras

Subitamente mudou
subiu
caiu
se arrastou
se amarrou

Anunciou a queda
cortou-se em pedras
lambuzou-se em más lembranças

Buscou religião
mudou de vida
se desfez das drogas
curou feridas.