9 de abr de 2013

Queria ser pipa.


As pipas são tão ilusórias não acha? Uma sensação de liberdade que, em partes, não existe. 
Quem as vê voando, assim de longe, pensa que voa por vontade própria igual os pássaros… Pra cima e pra baixo, sem nada a segurando. Namorando o vento e tricotando com o céu. Mas na verdade ela é manipulada por uma frágil linha, a deriva do seu manipulador no chão. Que pelo menos uma vez na vida queria ser pipa e poder voar bem alto, ainda que ilusoriamente livre… 
E se a linha se quebra? A pipa se vai, que trágico fim não?! Acabando com a ilusão de liberdade, porque agora, ela enfim é livre… Até ser pega por outro garoto. Não se assemelha com a vida? Pra mim, um tanto quanto parecido.