15 de abr de 2013

E o gosto tosco do amor?


Não parece, mas o amor é tosco,
Desde seu início, se baseia em traição,
A tosquice é tanta que quando foram inventar,
O fizeram do jeito que ele é hoje...

O amor é maravilhoso,
Porém perigoso,
É uma armadilha disfarçada,
Que nos prende, nos rende,
A ficar sem fama, dinheiro, no meio da estrada...

O amor  tem seus carrapatos,
E um deles é o ciúmes,
Me perdoe por falar assim,
Com um linguajar tão oriundo,
Mas estou descrevendo o que é!

É um erro achar que amar é fácil.
É um erro achar difícil,
É um erro não desperdiçar tempo,
É um erro não amar por preconceito,

É tosco achar que por serem diferentes,
Não se amam.
É mais tosco ainda, reprovar um amor,
Que mal começou..
É muita tosquice para um sentimento só!

Gostaria de amar mais que odeio,
Só sei que amo mais que gosto,
Não banalizando o amor,
Mas sim gostando, relevando,
Suas falhas.

Analisem o modo em que seus parceiros lhe tratam,
Pois é mais importante que qualquer coisa,
A confiança é um doce no chão,
Uma vez caída, jamais volta inteira...

‘’ Is so cool Love You ‘’
‘’ Is so hard hates you’’
‘’ I love you’’
‘’ Eu te amo’’
‘’ Estoy enamorado por usted’’

 O amor não tem raça, sabor, língua,
Mas um significado em comum
À nós.
Não banalize,
O que fez você nascer!

J