26 de fev de 2013

Ontem existia a felicidade


         Os pássaros voam assustados com os meus gritos.

Ontem eles cantavam enquanto nós tomávamos um café,
Ontem as rosas desabrochavam ao sorriso seu,
Ontem rezávamos pra nunca nos separar, tínhamos fé,

Ontem eu e você cantávamos a canção do amor ao por do sol,
Ontem eu puxei o seu cabelo delicadamente, e você sorrio arrepiado,
Ontem você me fez uma massagem e leu minhas mãos na noite bela do luar  incandescente,
Ontem você era por mim amado,

Ontem éramos felizes,
Ontem eu vivi de verdade sim,
Ontem alguém te abraçou, e traída eu senti,
Ontem eu sai, bebi, fumei, louco fiquei, e na sua casa segui-me

Ontem eu estava bêbado,
Ontem eu briguei com você,
Ontem destruí seu coração,
Ontem sem saber, fui injusta e te magoei, e você chorou ao me ver.

Ontem eu sai de sua casa, terminei tudo, queimei nossos sonhos,
Ontem você ficou preocupado e sem saber o que acontecia,
Ontem você saiu desesperado de carro em meio a chuva pra me encontrar,
Ontem veio um caminhão e bateu no seu carro, e ali seus últimos momentos você vivia.

Ontem você tremia, até dar seus últimos suspiros,
Ontem a chuva escondia tuas lágrimas, enquanto momentos felizes lembrava
Ontem você disse meu nome,
Ontem você se foi, levaram o que eu mais amava.

Ontem eu recebi um telefonema,
Ontem eu soube que você tinha me deixado,
Ontem eu tentei me matar,
Ontem por ironia do destino o veneno que tomei fez foi me salvar.

Hoje eu não vivo,
Hoje eu sei que a culpa de você ter ido foi minha,
Hoje eu entendo que matei a minha própria vida,
Hoje eu choro todos os dias ao ver o voltar das andorinhas.

Hoje eu sobrevivo,
Hoje eu sou apenas um Zumbi,
Hoje a saudade é infinita, pois você nunca mais vai voltar,
Hoje eu sofro, não sei até quanto tempo vou suportar, mas sei que até este e depois desse dia eu vou te amar.