25 de jan de 2013

The Rock Boys- Parte 2

         Eles estavam encurralados num beco escuro, sem saída nem explicação, um homem de capuz e uma mascara negra estava tentando levar tudo que eles tinham, e o que eles poderiam fazer? Nada! A não ser pelo fato muito estranho de que Carolina era mestre em uma arte marcial muito antiga, ainda doo tempo em que acreditava-se que Tuberculose era vampirismo. Ela, numa atitude expontânea salvo a todos inclusive a Ruan  que maravilhado com tal sabedoria marcial começou a fazer perguntas sem sentido que logo irritaram a Carolina. 
    Como um dia qualquer acordei assustado achando que aquilo fosse um pesadelo e que não tinha acontecido verdadeiramente por que só acontecia em livro de menininha. Mas em livro de menininha quem é o salvador é o homem(culpa da Disney) e aqui quem salvou foi a mulher. Para saber a procedência dos fatos, ele foi até a casa de Carolina que também negou tudo acusando-o de ser lunático que ela não sabia, e nem tinha força pra quebrar uma guitarra no chão. Bem, ele etntendeu que mesmo que se tivesse acontecido, não haveria importância e, era melhor esquecer aquilo.
    Ele se  sentou na sua garagem e começou a afinar a guitarra, e comer Doritos com uma lata de coca.  E continuou normalmente até que chega todo mundo da banda perguntando como foi o encontro como moçoilas curiosas. Bem era normal, eles tinham a expectativa que eu falhasse em alguma coisa para que alguns deles tivessem a mínima chançe com ela. Pois é, erraram! Mas mesmo com uma gritaria em seu envolto, ele não tirava a imagem dela lutando contra o cara da máscara de esquiador. Que aparece-ra no exato momento em que ele tira a imagem da cabeça. Ele olha, desatento até que o Cara da máscara se aproxima e ele, mostra para os seus amigos e eles não dizem nada, por que não viam. E estava chegando a hora de irem para a escola, que ficava a uns 200 metros de minha casa, só que agora, com isso, era uma tarefa difícil, principalmente para mim.


CONTINUA