6 de jan de 2013

Meu clamor


E amanhã vem a calmaria, depois de toda essa tempestade dentro de mim, eu sei que vai passar... Ás vezes é como se eu estivesse presa a uma realidade paralela sabe? Nada é como antes, as pessoas mudaram, seus costumes também, e seu astral nem se fala. Oh minha nossa, estamos perdidos nesse mundo de caos, onde as pessoas apenas se enxergam e mais nada...
O que você vê quando se olha ao espelho? Um rostinho bonito talvez... Mas, é só isto que você quer ser? Apenas mais uma bonequinha na mão do sistema? Mais uma alienada? Oh querida, não se renda, não desta vez...