8 de nov de 2012

Prum Ex-amor.


Às vezes bate aquela vontade de relembrar o passado e me enterrar nas lembranças, pedir pra você voltar, não por sentir falta da sua pessoa, da sua personalidade abusada e até meio perdida e boba, mas sim daquilo que você era para mim.Dos seus mimos, da sua atenção, da sua forma doce de amar, dos seus momentos fofos, das promessas que deviam ser vazias, mas que na época fizeram sentido e estrago no meu coração.Do que você representou para mim.E ao mesmo tempo…Dá vontade de simplesmente seguir em frente,como sempre,Superar.
Manter a cabeça erguida pro futuro, lembrar que eu não amo mais você, que talvez eu nem tenha amado você e sim gostado do que eu achei ser você. Eu não poderia te amar, mal o conhecia.Fomos apressados, mas adolescente é assim, impulsivo, apressado, estranho e todo complicado.Tentamos ser algo, mas na primeira barreira, quebramos, desmontamos e não voltamos. Foi como uma fase de vídeo game, que assim que teve “game over” nós acabamos e nós não nós demos ao trabalho de apertamos o “restart”. Por que o orgulho e a insegurança e a falta do amor real bateu e confrontou e nós intimidou. Acho que a falta de tato pra conversar e o medo das respostas, atrapalhou também.Mas, eu admito, eu pensei seriamente em apertar aquele botão, porque eu precisava de você.Eu fiquei carente e mimada, mal acostumada. Você fez isso,e, quando parou foi estranho e confuso, sem falar que doeu um pouco e eu chorei quando recordei nossos planos, tentei ser sua amiga, mas não deu.
Era gostar demais, querer demais, egoísmo de ambas as partes demais.Nós falávamos que não importava o que acontecesse com aquele namoro ou fase de vídeo game, nossa amizade não iria mudar, até prometemos, não foi? Pena que não cumprimos. sinto falta daquele garoto brincalhão e engraçado. de quando era confortável ficar conversando com ele, quando tínhamos assuntos e mesmo que não tivéssemos arranjávamos...Era bom...Mas talvez aquele era seu jeito de conquistar as garotas…Mas, devo dizer, sinto mais falta daquele amigo que eu perdi por conta do namoro, do que do namorado que eu perdi por causa de uma desavença.
Nós não éramos muito parecidos, mas como ser se nos mal nós conhecíamos?Não éramos o inverso um do outro, porque seu pensamento em certas questões lembravam os meus, não sei como meu jeito te envolveu e conquistou, mas te juro que não fiz propositalmente, juro. Foi uma experiência e tanto...Tanto para mim quanto para ti, não foi pequeno? rs. Foi a distancia e ninguém entendeu muito bem por que ficamos juntos, nem eu no começo nem eu entendi…
Mas, era bom sabe? Ter alguém pra dar atenção, dar mimos e trocar melosidades…
ter alguém pra chamar de meu e ser chamada por pronomes possessivos…
Era…simplesmente bom…Desculpe, não fui lá a melhor namorada ou a melhor parceira nessa fase, mas era minha primeira vez com um parceiro ou com um namorado, mas, você também não foi o melhor dos melhores, você foi bom, devo admitir, mas eu sei que poderia ter sido melhor…Talvez tenha sido a distancia que fez eu e você sermos só bons, quando eu sei que devíamos ser ótimos…Mas, pra um primeiro namoro, foi bom, será uma lembrança boa, bem agradável … Mas, poderia ter sido melhor, eu sei que podia. Eu não quis ter ti magoado, você sabe disso. Mas, você me magoou, então, estamos quites.
Mesmo que não tenha sido intencional aconteceu…
Não me arrependo de ter te namorado ou te ajudado nessa fase de vídeo game, me fez “evoluir”, me ajudou a crescer e me abriu mais os olhos pro mundo, mas, sinto dizer que eles estão mais céticos do que antes e o brilho de outrora se foi junto com meu gostar de você…Eu acho que superei você, fui um pouco burra e tentei te esquecer, mas não é bem assim que a banda toca, não é?
O tentar esquecer, me lembrou mais você, do que não sei o que. Por isso estou superando e até acho que consegui…Soube que tens uma nova namorada, espero que ela te faça feliz e que com ela você me supere, mas não me esqueça, afinal fui sua primeira namorada a distancia e é sempre primeira que fica na memória, aprendemos o mesmo tanto juntos, acho eu.Foi interessante enquanto durou, mas não é certo tentarmos aumentar essa curta partida de vídeo game ou esse namoro. Seja feliz com quem te ama e se precisar de mim, dá sua amiga e não de sua ex-namorada
, você sabe onde me encontrar.

-


Mas no final, éramos estranhos carentes, procurando por algo perdido e um tanto quanto ilusório que não encontramos…