23 de out de 2012

Versinhos cá e lá.


" E como faz poesia sem inspiração?

Não faz, porque a ação do poeta tem que ter inspiração
Mas, sempre dá pra jogar uns versinhos cá e lá, pra formar o poema.
Mesmo, que não faça muito sentido, tudo bem, nossas emoções também não fazem.
E poeta é isso, um rio de emoção, exagero, imaginação... 
Confuso e estranho assim mesmo.
Desde pequenos, fazendo nossa arte, tentando criar um mundo novo e mais vivo; Sendo uma eterna criança, que não quer crescer. Indo e vindo da terra do nunca. Assim mesmo, pensando nas coisas mais mirabolantes do dia-a-dia, porque monotonia não é conosco. É a nossa praia criar, mesmo que a dona Inspiração não de muito de sua graça, nós ainda tentamos uns versinhos cá e lá.

Porque ser poeta é inventar e criar. "