24 de out de 2012

Passos

Passos, passos e mais passos
Tudo o que faço é dar passos
Sigo meu caminho, indiferente ao destino
Só sei que vou em frente.

Ao longo do caminho olhos para os lados
Vejo essa gente

Em muitos momentos me sinto até descrente.
Como pode essa gente,
Fazer tanto mal
Dizendo que é o bem?

Como pode tanta hipocrisia
Tanta mentira, tantas coisas que parecem ser mas não são?
Tanta gente misturada, tantas opiniões ...
Que não se respeitam, não se dão.

Mas graças que nem tudo são males neste mundo
Ainda consigo encontrar algo que me reascenda a esperança,
Que me reascenda a força, o amor, a vontade, a fé.

Algo que me faça levantar denovo
Me faça lutar pelo que acredito
Pois é nesta luta que me sinto vivo.