4 de out de 2012

Guerra e dor

       GUERRA E DOR
       DESEJO DO AMOR
       SEJA QUEM FOR
       QUE SEMPRE AMOU
       PERDEU E GANHOU

       ERVA DO AMOR
       QUE SENTIU A DOR
       O DESEJO CRIOU
       ASSIM ABALOU

       COMO GANHOU
       PERDEU NÃO CRÊU
       SEMPRE QUE DEU
       O AMOR NASCEU
    
        O QUE SERÁ
       QUE PODE DAR
       SIMPLIFICAR, AMAR