24 de out de 2012

Passos

Passos, passos e mais passos
Tudo o que faço é dar passos
Sigo meu caminho, indiferente ao destino
Só sei que vou em frente.

Ao longo do caminho olhos para os lados
Vejo essa gente

Em muitos momentos me sinto até descrente.
Como pode essa gente,
Fazer tanto mal
Dizendo que é o bem?

Como pode tanta hipocrisia
Tanta mentira, tantas coisas que parecem ser mas não são?
Tanta gente misturada, tantas opiniões ...
Que não se respeitam, não se dão.

Mas graças que nem tudo são males neste mundo
Ainda consigo encontrar algo que me reascenda a esperança,
Que me reascenda a força, o amor, a vontade, a fé.

Algo que me faça levantar denovo
Me faça lutar pelo que acredito
Pois é nesta luta que me sinto vivo.

Que é que tem?


Menina bonita, por que dessa cisma com teu corpo e com teu intelecto ?

Por causa da sociedade que impõem que sejas de uma forma?
Que sejas oca e boba?
Que sejas mais uma na multidão?
É isso que queres? 
Pois não devia ser. 
Que é qui tem , ser unica?
Que é qui tem seres mais encorpada, mais cheia, 
ser muito alta ou muito baixa, 
seres magra, ter sardas ou usar aparelho, óculos, ser mais inteligente, ser diferente das meninas atuais?
Ser gordinha já significou ter dinheiro, ser gordinha, era luxo e todas queriam ser assim...Tem gente que acha que usar óculos é charme, ter sardas é bonitinho, usar aparelho te dá um quê a mais, tem gosto pra tudo nesse mundo e inteligencia dura a vida inteira, já a beleza física, não. E ser diferente te faz especial.
Não ligue para o que a sociedade impõem, a sociedade não sabe da metade das coisas do que fala e muito menos do que julga bonito.
Beleza, esta nós olhos de quem vê. 
A sociedade nem sabe da metade da tua vida, do que você passou ou passa, então, princesa, não liga pra isso não.
Seja do jeito que eres.
Tu eis linda, como eis, sem tirar e nem por, então se valoriza. Valoriza teu corpo e a tua mente, porquê são os únicos que Deus te deu.
Se te gostas assim como eis, não muda, pequena.
Mas, se não gostas, muda, Se torne o que queres ser. 

Chato, eu?

Eu?
Chato?
Por ser diferente?
Por ser eu mesmo?
Por você não saber lidar com o novo, com o que lhe é estranho?
Por você não saber lidar com aquilo que não é uma copia de outro algo assim como você?

Por me expressar?
Por lutar?
Sinto muito, mas não deve me achar chato, mas também não deve me achar interessante.
Deve me temer.

Pois eu sou um daqueles que há de acabar com essa mesmice do mundo.
E sim, um de muitos.
Pois não sou um guerreiro solitario.

Queremos acabar com esse cinza,
Mostrar e provar das mil facetas do mundo, da vida.
Sei que tenho muito o que lutar.
Sei que serei arrasado, destroçado.
Mas eu hei de me levantar.
Serei atacado com punhos, com palavras.

Mas quanto as palavras, por eu ser poeta, as sei usar.
Usarei pra me defender, atacar, sem magoar

Usarei minhas palavras para crescer, evoluir.
Usarei minhas palavras pra acabar com as sombras que querem nos consumir

23 de out de 2012

Liberdade x Responsabilidade


Vamos falar sobre liberdade e responsabilidade. Ter liberdade não significa não ter responsabilidade, e vice-versa, até porque dá pra conciliar os dois, sendo livre e responsável. Aí vai um exemplo: tenho liberdade para dirigir um carro, mas tenho que ser responsável o bastante para não exagerar no álcool e não acabar num triste acidente.
Fica a dica:
Concilie liberdade e responsabilidade, afinal é fácil, pois, quando queremos, conseguimos. Então é isso, espero que tenha aprendido algo com esse pequeno espaço. 

Versinhos cá e lá.


" E como faz poesia sem inspiração?

Não faz, porque a ação do poeta tem que ter inspiração
Mas, sempre dá pra jogar uns versinhos cá e lá, pra formar o poema.
Mesmo, que não faça muito sentido, tudo bem, nossas emoções também não fazem.
E poeta é isso, um rio de emoção, exagero, imaginação... 
Confuso e estranho assim mesmo.
Desde pequenos, fazendo nossa arte, tentando criar um mundo novo e mais vivo; Sendo uma eterna criança, que não quer crescer. Indo e vindo da terra do nunca. Assim mesmo, pensando nas coisas mais mirabolantes do dia-a-dia, porque monotonia não é conosco. É a nossa praia criar, mesmo que a dona Inspiração não de muito de sua graça, nós ainda tentamos uns versinhos cá e lá.

Porque ser poeta é inventar e criar. "

E agora hein?


Lembras do que sentiu ? Sentes algo? Como vai você? Amou muito?
Ainda lembra do primeiro namorado? Afinal é esse que fica pra sempre no coração, o primeiro namorado, o primeiro amor, somente o primeiro. Afinal…é coisa demais lembrar do segundo ou do próximo do próximo  … Parecia que ia durar pra sempre e ai durou? Foi bom? Doeu? Machucou? Você chorou? Cansou de amar depois da primeira tentativa? Se sentiu vazia e frágil? Superou ou esqueceu? Percebeu que ele não era lá o cara da sua vida? Ele te fez feliz? Valeu a pena? A insegurança bateu? O orgulho venceu? E o amor que era vidro se quebrou? Tá em outra? Apareceram novas pessoas? Alguém mais te abandonou? Os verdadeiros ficaram? Corresse atrás? Pediu arrego? Ajuda talvez? Chorou demais? Pensou em desistir? Alguém te fez sentir um lixo? Sim, não, talvez? Encontrou aquela musica? Alguém te entendeu? Amadurecesse? 
Aprendeu? Criou cabeça? Começou a fazer sentido certas coisas? Ainda se pergunta o por que dele ter ido embora? Arrependeu-se de algo? Ainda pensando naquele alguém? E teu coração voltou a palpitar por coisas mínimas? E o sorriso de alguém mexeu contigo? Faria tudo novamente? Como está sendo o seu depois? E ele? como ele ficou depois que acabou? Seu coração ainda tem dono? E esse dono é o mesmo de antes? Pensa muito nele? Tudo te lembra ele? Quantas noites chorou por ele? Ou pela falta dele? … É pequena…É difícil… E ai quebrou alguma promessa ? Alguém prometeu algo e não cumpriu? Muitas decepções? E essas cicatrizes ai? Doem muito? E as noites acordadas por insônia provocada por um coração amante? Continuam? Não? Tudo mudou? Perdeu alguém? Abandonou alguém? Se mudou de cidade? Mudou seus conceitos? E a sua personalidade ainda é a mesma? Ainda lembra da sua essência? Teve boas memórias? E aqueles sonhos? Realizou? Conseguiu o que queria? Comeu tudo que queria? Viveu aventuras? Sente falta de algo? Ainda tem os mesmo ídolos? O que mudou? Suas desavenças com seus pais, você resolveu? E aquela implicância com o mundo, mudou? Disse o que queria? Teve vergonha? Errou demais? Encontrou o que perdeu? E principalmente você foi,é,está sendo feliz? Se sim que ótimo, se não, é porque ainda não é a hora e se talvez, deixa a insegurança de lado pequena e vai fazer os teus momentos felizes, porque quando você menos perceber já vai ter  passado toda a sua vida e é melhor não ficar com o ” e se” na memória, viva como se fosse o ultimo dia, porque pode ser.

20 de out de 2012

Momentos da vida

Ha momentos da vida,
em que é preciso Gritar,
Amar, dançar...

Sendo que a vida tem que ser vivida
não deixando passar
momentos felizes

Os dias existem para aproveitarmos
''como se não houvesse amanhã''

Mais,
O importante da vida
na verdade
é ser vivida!!

14 de out de 2012

Loucura


Por que todos somos loucos?
Todos somos loucos,
Não há quem escape...
A loucura,
É um traço que incendeia
Corre nas veias de todos nós!

Voracidade, lucidez,
Loucura pode ser doença
Contesto em mim essa opinião
Todos somos LOUCOS!

Loucura é fácil
Lucidez é difícil
Nobres diversos lúcidos,
Morreram verdadeiramente,
De lucidez!

Cada louco cada um
Loucura foi pensar que ser lúcido é normal
Loucura um traço de nós

Afinal o difícil,
É ser normal!! 

13 de out de 2012

Inspiração

Qual?
É a nossa inspiração para falar de amor?
Que nos traz conforto na sua dor,
E ensina até o poeta mais incerto a aplacar a dor e falar do amor.

Ao olhar para o céu tive a resposta.
Na lembraça que me trouxe um bela forma.
A lembraça que a lua me traz,
Me enche de paz.

É a inspiração deste poeta sincero
Que usa ate mesmo o adverso
No poema mais belo para falar do seu amor
Essa é minha inspiração,
A musa que carrego no coração...
... Você

11 de out de 2012

Chuvisco - Parte 2

  CHUUUUÁÁÁÁ!!!!!!!!!
Faz a água quando jogada no dorminhoco Chuvisco.
  - Vamos, acorda seu preguiçoso, é teu aniversário!!!!
  - Uh!? Se é meu aniversário me deixa dormir mais um pouco...
  - Tem certeza de que quer dormir? O pessoal do circo te fez uma bela festa, e tem uma visita aí pra ti ...
  - E quem seria essa visita?
  - Uma senhorita por quem você se interessou muito ...
  - EPA !!! To de pé. - Dito isso, Chuvisco se levante de um salto, mas seus pés se enroscam no lençol e ele cai de costas no chão. - Ái!
 - KKKKKKK, rapaz, guarde isso pro espetáculo, levanta vai, ta todo mundo te esperando.
E Quiquilin passa por cima de um chuvisco que luta com os lençóis rindo.

  Chuvisco sai do quarto e ouve o grito:
  - SURPREEEESSAAAA !!!!
E todos correm a abraçar o jovem palhaço aniversariante, ele olha ao redor procurando pela Bruna, e a ver no que parece ser um papo muito animado com um cachorro. Ele pede licença e vai falar com ela.
  - Bonitinha ela, não? - Pergunta o Mágico
  - Muito, pena que não vai dar certo - responde a acrobata.
  - Haha, isso é o que você pensa! - Responde Quiquilin
  - Hã?? - Dizem todos os outros.
  - É isso mesmo povo. - Responde Quiquilin sorrindo, mas não seu sorriso irônico, mas de orgulho, orgulho do seu irmão.

Chuvisco se aproxima silenciosamente por trás de Bruna, que está abaixada conversando com o cachorro do circo, quando ele abre a boca pra falar, ela fala primeiro:
  - Você não ia me assustar né?
Surpreso e decepcionado por seu plano ter dado errado ele mente:
  - Claro que não.
  - Sei, mas me fala, qual o nome dele, perguntei e perguntei, mas ele não me diz.
  - Você perguntou ao cachorro o nome dele? - Pergunta Chuvisco dividido entre o fascínio e o riso.
  - Sim, se olhamos nos olhos de alguém recebemos a resposta que queremos, foi olhando nos olhos dele que te vi chegar, o cachorro me avisou de sua aproximação.
  - Ah seu traíra, hahahahaha.
  - Rsrsrs, então, qual o nome dele?
  - Ele ainda não tem nome, que tal ter a honra de batizá-lo?
  - Posso mesmo? Quando pergunta isso, os olhos de Bruna brilham de felicidade
  - Mas é claro.
Então ela olha pro cachorro e pergunta:
  - E aí!? Qual seria sua escolha?
O cachorro late duas vezes e ela responde:
  - Genial !!! Seu nome a partir de agora será Vigia, pra que fique de olho nesse moço pra mim.
O cachorro late a abana o rabo de felicidade.
  - Ganhei um carcereiro foi?
  - Não Chuvisco, um vigia, se você aprontar ele me conta.
  - Ok, ok, vamos nos juntar ao pessoal?
Ao ouvir isso, Bruna desanima um pouco, Chuvisco nota e se agacha junto a ela, levanta o rosto dela pelo queixo e pergunta:
  - O que foi Bruna?
  - Não me dou bem com pessoas, não sei me socializar.
  - Você que pensa, te vi durante o espetáculo com suas amigas, sabe sim, só não tem consciência. Vamos, vai ser divertido, e depois, te prometo um passeio só nos dois.
  - Nós dois e o Vigia.
  - Ok, nós dois e o Vigia.
Os dois voltam pra comemoração, Chuvisco com o braço ao redor de Bruna.

Continua ...

4 de out de 2012

Guerra e dor

       GUERRA E DOR
       DESEJO DO AMOR
       SEJA QUEM FOR
       QUE SEMPRE AMOU
       PERDEU E GANHOU

       ERVA DO AMOR
       QUE SENTIU A DOR
       O DESEJO CRIOU
       ASSIM ABALOU

       COMO GANHOU
       PERDEU NÃO CRÊU
       SEMPRE QUE DEU
       O AMOR NASCEU
    
        O QUE SERÁ
       QUE PODE DAR
       SIMPLIFICAR, AMAR

3 de out de 2012

Corre !!!

- Corre !!!
- Hã??
- Corre criatura !!!! Corra por sua vidaaaaaa !!!! - dito isso ele a puxa, fazendo com que ela corra também - Corre que o Maluco tá vindo pegar a gente !!!
- Eita nois, pernas pra que te querooooo !!!!
  Os dois passam a correr desembalados, com o maluco os perseguindo, eles correm, correm e correm, mas o Maluco os persegue sem perder o folego, eles fazem um caminho trincado pra tentar despistá-lo, mas a estratégia dá errado, ele usa seu olfato pra se guiar ...
  Então, eles se encontram em um beco sem saída, encurralados pelo Maluco ...
- Grrrrrrr ....
- Ai, lascou ... - Diz ele tentando recuar mas sendo impedido pela parede.
- Foi bom te conhecer. - Diz ela se ajoelhando cansada.
- O Maluco se aproxima, mais e mais, então ... ele pula em cima do garoto !!!! E começa a lamber a cara dele e a latir de felicidade.
- Au au !
- Hahahaha, calma Maluco, assim você vai comer minha orelha, hahahahaha.
E o Maluco vai atentar a garota também,
- Vem Maluquinho seu lindo vem ... ai ! Cuidado com meu cabelo hahahaha ... seu coisa fofa da tia.