11 de set de 2012

Ao Brasil

Meio Atrasado, dou meus parabéns a nossa independência!

As marges do ipiranga,
um grito declamou-se,
da independecia ou morte
de portugal,
o Brasil emancipou-se

Do povo alegre e contente que aqui vive,
A alegria da nossa pátria revive,
Do peito esplêndido,
do nosso rincão,
Brasil...

Oh,  pais que me acolheste,
Que um apelo a tí fizeste,
Que perdoa os imperdoáveis,
Aclama e acalma,
Os merecedores.....

Ó Brasil, Terra de todos nós,
Que do amor de vós tivestes,
Que muitos já dissestes,
ó meu belo país...
Recanto de paz,
Belo Brasil...

Ao Brasil essa Poesia,
Escrevo Aqui com enumera alegria,
Parabéns por tua independência,
 meu BRASIL!